#SANB11 #BBAS3 #BIDI4 #ITUB4 #BBDC4Na semana passada, o Morgan Stanle... - GuiaInvest

Ibovespa

Desconectado
  • 112.256
  • keyboard_arrow_down2,94%
  • 31,63B
  • 25/02/21
Crie sua conta
ou
faça o login
para criar sua lista de ações
TOP
Bob
  • 12 de janeiro às 09:37
#SANB11 #BBAS3 #BIDI4 #ITUB4 #BBDC4

Na semana passada, o Morgan Stanley realizou sua conferência anual em Miami com representantes de bancos de países latino-americanos, que contou com nomes de Brasil, México, Colômbia e Chile. Dos bancos brasileiros, participaram Itaú, Bradesco e Santander.

O Morgan Stanley afirma que os bancos brasileiros parecem positivos com as perspectivas para 2021, devido à recuperação econômica mais acelerada do que o esperado, forte resposta fiscal e volta da mobilidade. As perdas de empréstimos vêm sendo menores do que o esperado.

Os bancos esperam alta de entre 3,5% e 4% do PIB em 2021, e taxas de juros de 2,5% ao final do ano. Também esperam alta de 7% e 10% de empréstimos em 2021.

Presentes na reunião, Bradesco, Itaú e Santander, afirmaram que esperam crescer em ritmo acima da média. Mas ressaltaram a necessidade de ajuste fiscal para garantir uma recuperação forte.

Os bancos preveem que as margens irão se manter estáveis, ou aumentar em 2021, à medida que o fim do auxílio emergencial levará a mais busca por crédito com altas taxas de juros, impulsionadas também pela alta dos juros referenciais.

Com a retomada da economia, os bancos esperam ganhar mais com taxas. O Morgan afirma que o Bradesco parece ter os planos mais ambiciosos de cortes de custos para 2021. Itaú e Santander esperam altas nos gastos abaixo da inflação neste ano.

O Morgan Stanley diz esperar bom desempenho dos bancos brasileiros, e diz acreditar que a expectativa sobre ganhos por ação é demasiado negativa para o período de 2021 e 2022, por superestimar o impacto das fintechs, e subestimar o superciclo de commodities no país.
 
Felipe Muniz
qual é o site da noticia?