Divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na manhã desta segunda-f... - GuiaInvest

Ibovespa

Desconectado
  • 110.035
  • keyboard_arrow_down1,97%
  • 38,24B
  • 26/02/21
Crie sua conta
ou
faça o login
para criar sua lista de ações
TOP
marco antonio alves da rocha
  • 7 de dezembro de 2020 às 17:15
Divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na manhã desta segunda-feira (7), o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) traz tanto um número preocupante quanto uma boa notícia. Em 12 meses, a inflação acumulada é de 24,28 por cento. Para comparar, a inflação acumulada em 12 meses em novembro de 2019 era de 5,38 por cento. No entanto, apenas no mês de novembro, o IGP-DI variou 2,64 por cento. É um percentual inferior aos 3,68 por cento de outubro.
O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) variou 3,31 por cento em novembro, ante 4,86 por cento em outubro. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,94 por cento em novembro, após variar 0,65 por cento em outubro. E o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 1,28 por cento em novembro, ante 1,73 por cento no mês anterior.
Não foi a única notícia sobre a inflação. Nesta manhã, como em todas as segundas-feiras, o Banco Central (BC) divulgou o Boletim Focus. A expectativa dos agentes econômicos para a inflação em 2020 subiu bastante, e alcançou 4,21 por cento, ante 3,54 por cento na semana passada e 3,20 por cento há quatro semanas.
Todos esses números poderiam indicar que a inflação está em um ritmo de aceleração, com os preços subindo bastante. No entanto, o comportamento do dólar, que é uma das variáveis menos previsíveis e mais relevantes para a economia brasileira, mostra que não é bem assim. Desde a eleição americana, em 3 de novembro, o dólar recuou para 5,17 reais, uma queda de 10,3 por cento em relação aos 5,762 reais do início do mês passado. O relatório Focus mostra que essa tendência de baixa no câmbio já está inserida nas expectativas. Na edição desta segunda-feira, a taxa de câmbio esperada para o fim deste ano é de 5,22 reais, ante 5,36 reais na edição anterior e 5,45 reais há quatro semanas.